CISTM realiza reunião com secretários municipais de saúde

A primeira reunião com secretários municipais de saúde foi realizada nesta quinta-feira (28/01) pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde do Triângulo Mineiro-CISTM em Uberlândia. Estiveram reunidos os antigos e novos secretários da pasta da saúde dos municípios consorciados ao CISTM.

O prefeito de Capinópolis, Cleidimar Zanotto, que já foi presidente do consórcio, abriu os trabalhos representando o presidente interino do CISTM, prefeito de Cascalho Rico, José Borges de Oliveira. Em sua fala o prefeito destacou a qualidade dos serviços ofertados e a importância do consórcio para a saúde regional.

“O consórcio é simplesmente a união de força entre os municípios. As consultas e exames que muitos não ofertam de forma isolada, especialmente  nas nossas cidades menores, se tornam realidade por meio do CISTM. Isso é uma grande conquista para nossa população”, disse Cleidimar.

A secretária executiva da Amvap em apoio ao  consórcio, Maria Pedrosa, apresentou aos secretários municipais um panorama geral do consórcio, destacando a  forma de funcionamento estabelecida , os serviços oferecidos e o sistema de controle de gestão. O consórcio conta hoje com a adesão de 20 cidades, é operado por 13 colaboradores, tem o seu sistema de gestão via web e um orçamento para 2021 que se aproxima dos R$8 milhões de reais.

Para os novos secretários municipais de saúde a reunião foi uma oportunidade para conhecer o CISTM mais de perto e alinhar o planejamento de suas secretarias junto ao órgão. O secretário de saúde de Canápolis, Arnaldo Juarez Ribeiro, ressaltou a importância do encontro neste início de gestão bem como a necessidade do CISTM para suprir as demandas na saúde pública em seu município e na região com um todo.

“É hora de estreitar laços e conhecer os colegas secretários da região. Afinal o anseio de cada secretário, independente do município, é um só: buscar resolver da melhor forma a saúde dos nossos munícipes. E eu tenho certeza de que um dos caminhos de sucesso é por meio do consórcio de saúde”, disse o secretário.