CISTM: orçamento para 2022 é aprovado com incremento de 60%

Os cuidados com a saúde regional, por meio do CISTM, passam a contar com mais recursos em 2022. Em reunião com os prefeitos, realizada nesta quinta-feira (26/08) em Uberlândia, o orçamento ganhou aporte na ordem de 60% comparado ao orçamento executado no ano de 2021. A proposta de expansão, foi aprovado por unanimidade pelos prefeitos dos municípios consorciados.

Em 2021 os recursos alocados atingiram a cifra de 8 milhões de reais e salta para uma cifra de R$12,2 milhões. De acordo com o corpo técnico do CISTM, responsável por elaborar o planejamento orçamentário, a proposta nasceu a partir da análise dos gastos de cada município no ano de 2021 e a necessidade de aumento na oferta de alguns procedimentos bem como a oferta de novos.

De acordo com a contadora da AMVAP, em apoio ao CISTM, Laurentina Pereira de Araújo, outro fator que justifica a necessidade de aumento orçamentário está na ampliação de contratação de novos procedimentos médicos pelo consórcio. “Esse ano o valor de contratação já ultrapassou a previsão orçamentária anual. É importante ressaltar que esse valor será convertido em procedimentos de saúde para cada um deles, e que além disso, reduzimos o custo de manutenção do consórcio”, explicou Laura.

O presidente do consórcio e prefeito de Tupaciguara, Francisco Neto, enalteceu o trabalho da equipe do consórcio e ressaltou que mesmo com o orçamento apertado, o município precisa dar esse apoio para o consórcio. “Todo investimento em saúde ainda é pouco, mas devemos nos atentar ao orçamento do CISTM, pois caso precisemos contratar um serviço extra, principalmente de emergência, o custo será muito maior para o município”, completou Neto.