CISTM leva demandas prioritárias ao Governo do Estado de Minas Gerais

Em reunião realizada nesta segunda-feira (08/02) na capital mineira, o presidente do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Triângulo Mineiro – CISTM e prefeito de Tupaciguara, Francisco Lourenço Borges Neto, levou ao governador Romeu Zema pautas da saúde regional.

Devido ao delicado momento da saúde em função das medidas contra o novo Coronavírus, o CISTM protocolou ofício ao governador ponderando a situação nos municípios da região e apontando a necessidade de um possível hospital de campanha capaz de dar suporte ao tratamento dos pacientes de Covid-19.

Francisco Neto justifica que os municípios polo da região tem recebido, diariamente, um número muito expressivo de pacientes para tratamento da doença, de forma que os já escassos leitos disponíveis nas unidades hospitalares atingiram sua taxa de ocupação total. Neste contexto, a implantação, em caráter imediato, de alternativas para responder a essa crescente demanda poderá evitar que o sistema regional de saúde entre definitivamente em colapso.

Para o presidente do CISTM o encontro com Zema é mais uma oportunidade de buscar recursos e apoios capazes de otimizar o trabalho no consórcio e aumentar a capacidade de respostas às necessidades pontuais e futuras na saúde regional.

“Trazer as demandas que afligem nossa região na saúde, em mãos para o governador, é sem dúvida a oportunidade de mostrar a necessidade urgente de nossa gente para que não sofram o que outras regiões Brasil a fora vem sofrendo, caso não sejam tomadas medidas de planejamento antecipado conforme é preciso”, disse o presidente do CISTM.

O diálogo do governador Zema com os prefeitos é uma aproximação do governo do estado com os municípios na busca de conhecer de perto os problemas que afetam cada cidade e a região como um todo. Na saúde o CISTM vem buscando respostas rápidas e de qualidade aos anseios nas demandas mais urgentes de saúde púbica em complemento ao Sistema Único de Saúde-SUS.