Novo Coronavírus: previna-se com informação certa

Desde o início da pandemia provocada pelo novo Coronavírus o Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Triângulo Mineiro – CISTM vem atuando na prevenção com medidas capazes de salvaguardar as pessoas e levar informações sólidas.

Uma forte aliada nesse momento tem sido a informação. Muito se tem alertado sobre os sintomas da doença, sobretudo por se tratar de um tipo de gripe e possuir sintomas similares. Mas, de fato, quais as diferenças e semelhanças entre o novo Coronavírus e um gripe comum que acomete milhares de pessoas todos os anos?

Até então os sintomas apresentados são os mesmos de uma gripe, garante a Organização Mundial da Saúde – OMS. Há registros de casos de febre acima dos 37,8º, falta de ar severa, o que difere um pouco dos sintomas de uma gripe comum na maioria dos casos.

O recomendado para confirmação do Coronavírus é somente o teste. Mas os governos vem trabalhando com os chamados grupos de risco e testando aqueles pacientes com histórico de contato com áreas ou pessoas contaminadas.

Influenza e Coronavírus

A gripe conforme conhecemos é causada pelo vírus influenza. Apesar de parecer simples, esse vírus pode ser do tipo A ou B, e estes são divididos em subtipos: o Yamagata, é o tipo B e a temida H1N1, conhecida como gripe suína, é o subtipo A, também causadora de pandemia em 2009.

Já o agente causador da Covid-19 pertence a família dos Coronavírus, daí o nome Covid-19, vindo do inglês Co – Corona, Vi – Vírus, D – Disease (doença em inglês) e o ano 19 (2019). A Organização Mundial da Saúde – OMS alerta para a extensa família do vírus que causa infecções respiratórias, desde o resfriado comum à doenças mais graves como a síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS) e a síndrome respiratória aguda severa (SRAS). O coronavírus que tem mais descontinuidade causa a doença por COVID-19.