Municípios consorciados a outros consórcios de saúde devem discutir em 2015 a possibilidade de unificação ao CISTM

Em outubro de 2014 o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Paranaíba – CIS/Amvap realizou reunião em que foi discutida a proposta de unificação dos consorciados ao Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Triângulo Mineiro – CISTM. Na reunião 80% dos municípios que integram hoje este consórcio estiveram representados. Esta foi a primeira reunião que discute a possibilidade de unifição ao CISTM. Tais discussões devem ter continuidade em 2015.

A proposta de mudança é justificada na caracterização do consórcio já que o CISTM se constitui como um consórcio público de direito público e não de direito privado como é o caso do CIS/Amvap. Para subsidiar as discussões iniciadas em 2014 os participantes acompanharam uma apresentação do secretário executivo do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Vale do Rio Grande – CIS/Valegran, Edson de Sousa Gonçalves. O consórcio, que tem sede em Uberaba, existe desde 1997 e em 2007 passou a ser de direito público.

Na oportunidade do encontro, realizado na sede da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba – Amvap, o secretário executivo destacou alguns pontos positivos do consórcio público de direito público.

“Nossos 18 municípios do CIS/Valegran ganharam muito com esta caracterização de entidade pública de direito público. A forma de gestão ficou muito mais clara quando na comparação com o consórcio público de direito privado. E especialmente em relação a recursos temos mais acesso a verbas públicas”, concluiu o secretário executivo.